Efetivo policial, combate ao tráfico e inteligência. 

Como faremos?

Atuar na prevenção de crimes.

Diminuir a sensação de insegurança em SC.

Tornar a segurança um assunto de todos e não somente do poder público.

Incentivar as boas práticas em segurança e formar cidadãos mais preparados. 

Reduzir o crime organizado e melhorar os índices de criminalidade.

- FRENTE EDITORIAL DO DC trará reportagens especiais aprofundadas sobre o tema, com vídeos, entrevistas e amplos estudos.

- DEBATES DE PONTO A PONTO, presentes nas sete capitais de SC.

- CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO com materiais educativos, ativações e mídia.

- AÇÕES nas comunidades mais violentas do Estado, junto aos conselhos de segurança dos bairros, dando visibilidade ao tema, com ações como distribuição de camisetas e adesivos. 
 

Sistema penitenciário e crime organizado. 

Abordagens

O que queremos

DURANTE o crime

Indicadores

ANTES do crime

DEPOIS do crime

Aumentar a relevância dos Consegs nas comunidades.

Ampliar a atuação de programas como o Proerd para todas as faixas etárias.

Aumentar a atuação em conjunto dos agentes de segurança.

Aumentar o número de registros de pequenas ocorrências.

Copyright © Diário Catarinense.Todos os direitos reservados.

Compartilhe a hashtag nas redes sociais:

ANTES do crime

Aumento do efetivo policial.

Apreensão de drogas.

Índice de confiança da produção nas polícias.

Adesão de Instituições privadas e das pessoas geral à causa.

Conclusão de obras nas penitenciárias.

Resolução de inquéritos de homicídios e números de homicídios.

Ampliar e tornar efetiva a Defensoria Pública.

Pesquisa de vitimização com a população sobre os crimes sofridos.

DURANTE o crime

DEPOIS do crime

Incentivo à prevenção primária: educação integral, Proerd, conselhos comunitários.

Acompanhe as matérias publicadas sobre a causa:

Dentro das pesquisas que o Diário Catarinense fez para traçar a estratégia para seus próximos 30 anos e que embasou seu reposicionamento, nova marca, assinatura e as transformações de plataformas e de conteúdos que foram lançados no dia 26 de outubro de 2015, saltou aos olhos um apelo que vários públicos fizeram ao DC: abraçar uma causa catarinense. Ainda está na memória do Estado o papel protagonista que o DC teve no início da campanha para duplicação da BR-101, na década de 90.

E se o DC se propõe a ser o articulador das forças de Santa Catarina, nada melhor do que encampar uma causa que interessa a todo o Estado, a fim de conectar os responsáveis pelo problema e encaminhar o endereçamento das soluções. Até lançar três temas para o público votar e escolher o mais relevante ou urgente, o DC ouviu leitores, colegas, lideranças, autoridades e formadores de opinião das cinco regiões de Santa Catarina para saber quais assuntos eram prioritários para o Estado. 

No dia 31 de outubro, publicamos reportagens sobre os três temas escolhidos: duplicação de estradas, prevenção a desastres climáticos e melhoria dos índices de segurança pública. Por 20 dias, quase 30 mil pessoas votaram nos meios físico e digital e escolheram a SEGURANÇA como tema prioritário.

A causa ganhou ainda mais abrangência no Estado com o apoio de todos os veículos da RBS em Santa Catarina. Em maio de 2016, RBS TV, CBN Diário e o jornal Hora de Santa Catarina juntaram-se ao DC no acompanhamento mais intenso dos índices e das ações de segurança pública e da Justiça.

Se compararmos Santa Catarina com outros Estados do país, há quem diga que a falta de segurança não é problema por aqui. Mas o crescente aumento dos índices de homícidios, do tráfico de drogas e a carência de efetivo policial e do sistema prisional fazem com que o catarinense queira ver soluções agora, enquanto Santa Catarina não virou um Rio de Janeiro, São Paulo ou Maranhão.

Por isso, de hoje até o dia 31 de dezembro de 2016, o DC encampará o tema Segurança SC - Essa causa é nossa como assunto prioritário ao longo do ano. Mas lembre-se: esse problema não é exclusivo do poder público. Todos nós podemos atuar para melhorar a segurança das nossas cidades.

 

Essa causa é nossa, é de todos os catarinenses

O QUE QUEREMOSABORDAGENSCOMO FAREMOSINDICADORESACOMPANHE

Estatísticas

Operação Cidadania

OPERAÇÃO CIDADANIA